Quarto Crescente em Leão - Individuação - Autoconsciência

 

Em 27/04/23 às 18:19, horário de Brasília

Período: de 28/4 a 05/05/2023

A Lua crescente em Leão revela a superficialidade do ego e a necessidade do autoconhecimento para conduzi-lo à unidade e força do self. Este caminho percorre, em primeiro lugar, a autoconsciência, quando podemos separar o “eu” do “não-eu”. Em outras palavras, quando utilizamos um referencial e observamos à distância o nosso ego, nos tornamos imparciais e começamos a reconhecer nosso Eu Superior ou self. Trata-se de uma longa trajetória, muito bem delineada pela Árvore da Vida, cuja esfera central (Tipharet) correspondente ao self é regida pelo Sol que, por sua vez, rege Leão.

O autoconhecimento também corresponde ao processo de individuação junguiano que dissolve paulatinamente as máscaras do ego. Quando atingimos a beleza e a pureza do nosso atma, começamos a exercer a criatividade e nos destacamos da normose e daqueles que ainda adormecem sob as manipuláveis máscaras do ego. O círculo vicioso estabelecido pelas representações do ego e pela falta de autoconsciência nos encaminha para o comportamento da ovelha dentro da manada, sempre atenta aos “sinais” e comandos vindos de fora, de mestres supostamente sábios e superiores.

A lua crescente em Leão provoca o Sol em Touro em um aspecto tenso envolvendo dois signos da modalidade Fixo. Exercer a criatividade saindo do comportamento de manada exige o mesmo poder de Hércules que derrotou o Leão da Nemeia, um de seus famosos “12 Trabalhos”. Este poder revelou-se após desapegar-se de todas as suas armas e escudos. Quando recuperamos nossa essência, centelha divina ou o herói inerente à nossa personalidade, nos desvencilhamos do peso e das representações estagnadas de máscaras impostas ao longo da nossa existência pela família, sociedade, religiões e outros valores exteriores nem sempre condizentes com nosso herói interior. A submissão frente à imposição destes valores é a maior causa das doenças relacionadas às glândulas do nosso plexo solar: pâncreas, baço e fígado.

Práticas sugeridas: Ao longo do período crescente da lua, escolha um dos horários dedicados ao Sol (6:00; 12:00; 18:00 ou meia noite) e invoque o seu poder de geração de energia vital e criatividade visualizando uma esfera de luz dourada no seu plexo solar. Você pode utilizar óleo essencial de alecrim ou um cristal rolado de olho de tigre no local, se quiser se concentrar com mais facilidade e potencializar o procedimento.

Calendário biodinâmico: De 28 a 29/4 : adubação dos canteiros. De 30/4 a 02/05 : colheita e beneficiamento de rosas, mil-em-ramas, tomilho, alcachofra, verbena, violeta, artemísia, beladona, malva; De 3 a 5/5: transplantes de mudas para o canteiro.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Plutão em Aquário III – Quadratura com Marte

Orientações para o período

Plutão em Aquário Parte II – Breve Estadia em 2023 - História