Orientações para o período

 

O período começa com a Lua Nova em Capricórnio (11/01 às 08h57).


Esta lunação no signo de Capricórnio (Terra + Cardinal) é específica para a programação de metas, começo de novos empreendimentos e contato íntimo com nossos instintos de sobrevivência e a energia órfica da conquista no plano material.

A quadratura entre Netuno em Peixes e Mercúrio em Sagitário é breve, porém demonstra o quanto é perigoso acreditarmos em 'verdades' divulgadas massivamente sem fundamentos. Em uma era onde as notícias se sobrepõem constantemente, é fácil criar-se uma “cortina de fumaça” para encobrir fatos que não agradam ao poder estabelecido. Fiquem atentos, afinal a lua nova é uma fase introspectiva e analítica.


Quarto-crescente em Áries (18/01 às 00h52)

Esta fase de desenvolvimento inicia-se com uma tensão considerável entre Plutão no último grau de Capricórnio, conjunto ao Sol que também encontra-se no final deste signo, ambos em quadratura com a Lua em Áries! Aspecto explosivo e implosivo ao mesmo tempo. Traduzindo: o período requer cautela, pois qualquer conflito, por mais bobo que seja, pode deflagrar atitudes demasiadamente destrutivas.

Por outro lado, Júpiter em Touro realiza aspectos favoráveis e construtivos com Marte e Mercúrio em Capricórnio, sugerindo um bom momento para o pragmatismo nos projetos e elaboração de investimentos a longo prazo.


Sol em Aquário (20/01 às 11h07)


Plutão em Aquário (20/01 às 22h00)

Releia os três artigos que publiquei no templodeminerva.com . Toda a mudança de signo feita por um dos transaturninos é deveras significativa. Existem outros apontamentos e insights que gostaria de compartilhar com vocês, o que farei em breve. Por enquanto, é importante lembrar dos significados arquetípicos do astro e do signo envolvidos:

Plutão: grandes mudanças, erupção de conteúdos inconscientes, crises, destruição.

Aquário: comunidade, coletividade, população, liberdade, democracia, ciência e tecnologia.


Lua Cheia em Leão (25/01 às 14h53)

No plenilúnio, tudo fica “às claras”, literalmente. O plenilúnio em Leão, esta claridade é mais ofuscante, pois expõe a autenticidade nas necessidades afetivas e o caminho a seguir para uma realização mais criativa.

Plutão também está envolvido, em conjunção com o Sol no começo de Aquário e oposto à Lua em Leão. A busca da exclusividade nas relações íntimas ou em qualquer situação em que você queira destacar-se não depende do controle ou de exigências. O controle é destrutivo em qualquer situação. Durante o processo de autoconhecimento, percebemos o nosso lugar singular no mundo em conexão com todas as infinitas mônadas existentes em todos os planos existenciais. Portanto, o controle e a imposição da personalidade de maneira forçada não farão com que você atinja de forma harmônica sua posição de destaque.

Urano em Touro realiza trígonos com Marte e Mercúrio conjuntos em Capricórnio. Este aspecto fluente no elemento Terra permite escolhas alternativas nas produções industriais e investimentos em tecnologia de ponta.


Quarto-minguante em Escorpião (02/02/24 às 20h17)

Fase de eliminação de emoções negativas ou destrutivas. Escorpião (Água + Fixo) tende a acumular angústias, raiva e até desejo de vingança. Liberte-se, afinal, o Sol em Aquário sugere esta libertação. Na Astrodiagnose, as doenças começam a partir dos padrões de pensamento e de sentimento. Quanto mais acumulamos ideias e emoções nocivas ao nosso corpo sutil, maior a probabilidade dos centros energéticos (chakras) e suas glândulas respectivas entrarem em desequilíbrio. Este é o caminho das doenças psicossomáticas.

A quadratura entre Urano em Touro e o Sol em Aquário radicaliza esta libertação, sem contar com a oposição deste mesmo transaturnino à Lua em Escorpião. Abandone os apegos e as codependências.


Calendário biodinâmico:

De 11 a 12/1: semeadura de cavalinha, cipreste, confrei, mirra, vetiver, patchouli, alho, mandrágora e beladona. De 13 a 14/1: semeadura ou plantio de mudas de arruda, cúrcuma, figueira; De 15 a 16/12: colheita de raízes, rizomas, tubérculos, bulbos; De 17 a 18/1: adubação farta nos canteiros e árvores; De 19 a 22/1 : colheita e beneficiamento de eucaliptos, guaco, hortelãs, funcho, erva-cidreira; De 23 a 25/1 : plantio de hortaliças e frutíferas; De 26 a 27/1 : colheita e beneficiamento de citronela, girassóis, camomila, bergamota, louro, alecrim, açafrão, cravo, canela, mirra, violeta, genciana; De 28 a 30/1 : colheita e beneficiamento de hortelã pimenta, manjerona, orégano, funcho; De 31/1 a 1/2 : colheita e beneficiamento de lavanda, rosas, vetiver, alcachofra, verbena, tomilho, beladona; De 02 a 4/2 : limpeza dos canteiros, reciclagem, eliminação de braquiárias e outras ervas daninhas; De 5 a 6/2 : plantio de raízes, bulbos, rizomas; De 7 a 8/2: adubação e preparo dos canteiros para plantio na fase nova.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Plutão em Aquário III – Quadratura com Marte

Plutão em Aquário Parte II – Breve Estadia em 2023 - História

Trânsito de Saturno em Peixes