Orientações para o período




 O período começa com a Lua Nova em Aquário (09/02 às 19h59).


O encontro entre Sol e Lua em Aquário (Ar + Fixo) impulsiona a atualização do conhecimento e o encontro de mentes com os mesmos ideais ou semelhantes visões de mundo. A liberdade de expressão e a assimilação de novos conhecimentos são tópicos fundamentais. Refletir sobre sua própria independência, autonomia e a sociedade onde vive também é válido.


Muito além da noção superficial, usual e genérica de “Mercúrio retrógrado”, nos próximos dias a quadratura entre Júpiter em Touro e Mercúrio (não retrógrado!) em Aquário pode provocar debates improfícuos sobre informações ou notícias falsas. Tenho notado uma disseminação de tratamentos milagreiros para o surto da dengue. Muita lucidez e discernimento, questione tudo sempre.


Marte em Aquário (13/2 às 03h30)


Quarto-crescente em Touro (16/02 às 12h00)


Mesmo sendo uma fase que enfatiza a busca pela segurança material, observe a conjunção entre Urano e a Lua em Touro, além da conjunção de Marte em

Aquário com Vênus no final de Capricórnio. São aspectos que provocam o imprevisível, até mesmo nas atitudes ou escolhas de grandes corporações financeiras. Abstenha-se de riscos no âmbito material e previna-se contra perdas.


A quadratura entre Urano em Touro e Mercúrio em Aquário sinaliza ruptura de narrativas, cujo interesse é conduzir boa parte da sociedade para entendimentos deturpados. Mercúrio em Aquário exige a reflexão, a inteligência abstrata que vê além da mídia hipnótica. Questione sempre.


Sol em Peixes (19/02 às 01h13)


Lua Cheia em Virgem (24/02 às 09h30)


Sol, Saturno e Mercúrio reúnem-se em um stellium em Peixes opondo-se à Lua em Virgem. Esta oposição, que envolve o eixo da IMANÊNCIA – TRANSCENDÊNCIA, cujo significado vocês encontram em detalhes no meu livro “Salto Quântico”. Eis um trecho do mesmo:


Quando nos manifestamos no mundo material (Virgem), comumente esquecemos que viemos de uma dimensão onde não existe separação entre o “eu” e o “outro”. Isto não significa que ela deixa de existir. Quando paramos nossa rotina do dia a dia e nos isolamos em silêncio contemplativo, ou em estado meditativo, podemos acessar esta dimensão mais sutil. Tornou-se difícil o apaziguamento suficiente para atingir estados alterados de consciência, pois o mundo material nos absorve quase completamente, ao deixarmo-nos escravizar pela necessidade de “fazer” para “ter” algo.”


A passagem de Saturno por Peixes, por si só, enfatiza o texto acima, exigindo o estado contemplativo e reflexivo da humanidade como um todo. A necessidade de organização e de detalhamento quanto aos processos profundos da psique humana não deixa de ser importante neste momento, mas não é prioritário. Busque o equilíbrio entre o 'fazer' e o 'ser' a fim de ter uma melhor qualidade de vida.


Júpiter em Touro faz quadraturas com a dupla Marte e Vênus em Aquário. Quando os mais famosos amantes da mitologia greco-romana se encontram em um ambiente aquariano, pode-se esperar desde paixões repentinas, encontros efusivos com descobertas científicas ou novas teorias filosóficas, até rebeliões ou preferências pelo bizarro. Ares e Afrodite em plena liberdade podem dar preferência àquilo que choca pela esquisitice apenas pelo prazer de ser diferente. O aspecto tenso de Júpiter pode elevar esta 'esquisitice' até as últimas consequências.


Quarto-minguante em Sagitário (03/03/24 às 12h23)


O Sol em Peixes permanece reunido a Saturno e Mercúrio. Desde a exposição diante da complementaridade entre 'transcendência-imanência' do plenilúnio acima, é óbvia a mensagem do Macrocosmo pela transcendência, pelo silêncio e reflexão. Os tempos atuais exigem isto de todos nós, e a busca por um significado mais profundo nos encaminha a oitavas superiores de nossa existência. Claro que sempre existe o livre arbítrio pela escolha da fuga como ponto cego do arquétipo pisciano, quando aceitamos as ilusões e vícios como meios para escapar da responsabilidade saturnina. O quarto-minguante em Sagitário pode nos ajudar a remover falsas crenças, compulsões e apegos a situações extremas.


Júpiter começa a se aproximar de Urano em Touro, o que pode abalar verdades, filosofias, leis, crenças entre abril e maio próximos. Mas, este assunto será esmiuçado oportunamente no futuro.


Calendário biodinâmico:

Dia 9/2: semeadura arruda, cúrcuma, figueira. De 10 a 12/2: semeadura ou plantio de mudas babosa, erva-cidreira, cânfora, amêndoas, jasmim, gengibre, aveia, lúpulo, losna, capim-santo, mil em ramas; De 13 a 14/2: colheita de raízes, rizomas, tubérculos, bulbos; De 15 a 16/2: adubação farta nos canteiros e árvores; De 17 a 19/2 : colheita e beneficiamento de eucaliptos, guaco, hortelãs, funcho, erva-cidreira, orégano; De 20 a 23/2 : plantio de frutíferas – limões, laranjas -, citronela, girassóis, alecrim, calêndula, louro, mirra, lemonete, tanchagem; De 24 a 26/2 : colheita e beneficiamento de hortelã, lavanda, manjerona, funcho, cenoura, açafrão, ginseng, canela, unha-de-gato; De 27 a 29/2 : colheita e beneficiamento de lavanda, rosas, vetiver, alcachofra, verbena, tomilho, beladona; De 1 a 2/3 : poda com mais produção de biomassa para adubação verde; corte de madeira para lenha; aplicação de biofertilizante; De 03 a 4/3 : limpeza dos canteiros, reciclagem, eliminação de braquiárias e outras ervas daninhas; De 5 a 6/3 : plantio de raízes, bulbos, rizomas; transplante de mudas para canteiros; De 7 a 9/3: adubação e preparo dos canteiros para plantio na fase nova.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Plutão em Aquário III – Quadratura com Marte

Plutão em Aquário Parte II – Breve Estadia em 2023 - História

Trânsito de Saturno em Peixes