Esoterismo ou Exoterismo? Quarto Crescente em Aquário


 

Informativo Semanal

Em 20/11/23 às 07:49, horário de Brasília

Período: de 20 a 26/11/2023


A diferença entre o exoterismo e o esoterismo está na aquisição do conhecimento. O conhecimento exotérico vem 'de fora', ou seja, é adquirido por meio de um processamento prévio antes da sua divulgação. É o método utilizado pela maioria das religiões e escolas de mistérios. O conhecimento esotérico, por sua vez, é fruto do entendimento intuitivo e da assimilação profunda ou arquetípica do conhecimento. Em outras palavras, o esoterismo nos permite alcançar o conhecimento sem a carapaça dogmática e até tendenciosa proliferada pelos outros. Ao contrário do exoterismo, o esoterismo nos permite compreender integralmente e desenvolver o centro psíquico ou Terceiro Olho. Ao desenvolvermos a intuição e a capacidade de avaliar o que nos habita e o que nos cerca como partes de um Todo, alcançamos a sabedoria esotérica.

O quarto crescente em Aquário promove a busca desta visão holística sob a profundidade psíquica do Sol em Escorpião. Esta configuração indica a possibilidade de sair da manipulação religiosa ou espiritual realizada por gurus, sacerdotes e mestres, cujo conteúdo, posicionamento ético e realizações não são substanciais o suficiente para que os respectivos egos se sustentem. Uma das minhas citações favoritas é “Não acreditem em mim.” de Aleister Crowley: crer é exotérico. Saber, esotérico. Todos temos a capacidade e a liberdade de questionar e experimentar.

Einstein dizia : “Não acredito em Deus. Eu conheço Deus.” Ele afirmava que sua concepção de Deus é a de Bento de Spinoza, ou seja, uma substância onipresente e onisciente em toda a Natureza. Este tipo de afirmação se distancia da fé cega e se aproxima da ciência subatômica e, o método científico aliado à finalidade da espiritualidade é uma das premissas da Era de Aquário.

Na Natureza não existe finalidade. A concepção e a intenção de finalidade são produtos da mente humana. E isto tolhe a liberdade de simplesmente “ser”, se tudo o que é vivenciado e experienciado tem uma finalidade ou efeito desejado. A integração entre o Sol em Escorpião e a Lua Crescente em Aquário nos leva a meditar sobre a necessidade de ser independente e livre, mas a noção nuclear de liberdade vai muito além do “faz o que tu queres”. O “fazer” sempre impõe uma finalidade, um objetivo; o “ser”, não. Se você está fazendo algo visando uma consequência, não está experienciando a vida, mas está preso a resultados que não existem. O monismo exposto pela Natureza revela a permanência do 'aqui e agora' e da infinitude dos ciclos de morte e renascimento sem ansiedade ou programações por resultados, ela apenas “É”.

Meditação da Caminhada: Tire uma meia hora para sair e apreciar a sensação da estação, da natureza e do ambiente a sua volta. Há um ritmo e um fluir das estações. Cada uma tem seu próprio gosto, cheiro e humor. Quando você sair para caminhar, entre em contato com a mensagem da estação e do ambiente para você. Sinta a sensação da conexão com as árvores, grama, animais e pessoas à sua volta. Deixe seu caminhar e sua respiração caírem em um ritmo que o ajude a sentir-se conectado.

Calendário biodinâmico: Dia 20/11 : adubação e plantio de mudas de arruda, cúrcuma, figueiras, aroeiras, orquídeas; De 21 a 22/11: aplicação de caldas e outros recursos fungicidas; De 23 a 24/11: plantio e colheita de pimentas, mulungu, malva, manjericão, capuchinha, poejo, mostarda, tanchagem, patchouli, gerânio; De 25 a 26/11: colheita e beneficiamento de mil-em-ramas, camomila, tomilho, verbena, violeta, artemísia, malva, alfazema brasileira. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Plutão em Aquário III – Quadratura com Marte

Plutão em Aquário Parte II – Breve Estadia em 2023 - História

Trânsito de Saturno em Peixes