Arquivo da tag: virgem

Brasil, um Ser Virginiano

Informativo Semanal de 1 a 8/9/16 : Lua Nova em Virgem (1/09/16 às 06:04, Brasília)

Devido à sincronicidade entre o julgamento do impeachment da Dilma nas proximidades da lunação em Virgem com o fato do Brasil ser um país virginiano (07/9/1822) e, atendendo a pedidos, vou utilizar o mapa de nascimento do Brasil combinado à análise desta lunação no signo de Virgem.brasil eremita

Nosso Brasil é um Ser virginiano. No entanto, até agora, este Ser desenvolveu poucas qualidades deste signo. Podemos citar a Amazônia como exemplo de extensa mata virgem, mas se encontra ameaçada. A burocracia é virginiana, mas não creio que “desenvolver a burocracia” se configure como “qualidade”. Que tal a organização? As duas palavras estampadas na bandeira, “ordem e progresso”, parecem desafios para um país com o Sol em Virgem (ordem) e o ascendente em Aquário (progresso). Mesmo assim, o “país do futuro” precisou de alguns ciclos que desencadearam crises que vivenciamos agora para tornar-se o “país do presente”.

O signo de Virgem e todos aqueles que possuem astros, ascendente e meio-do-céu neste signo, estão enfrentando ciclos importantes começando com Plutão em Capricórnio, outro signo do elemento Terra, que auxilia Virgem na estruturação, aprofundamento e mudança de metodologias e procedimentos. Desde final de 2013, o sol brasileiro passa por este ciclo. O salto quântico esperado é a valorização dos próprios recursos naturais e o reconhecimento do poder de reciclar e ser reconhecido como um país com ampla capacidade de independência, decisão e destaque mediante outros países. Este ciclo chega ao auge entre agosto e novembro deste ano.

Netuno em Peixes, signo oposto e complementar a Virgem, opõe-se ao sol brasileiro desde março de 2013. Este aspecto auxilia na flexibilidade da rigidez organizacional e detalhista de Virgem, mas o poder (Sol) que representa nosso país tornou caótica esta onda de possibilidades netuniana. Quando, pessoalmente, não entendemos os ciclos netunianos e tentamos “ludibriar” a sensibilidade e os insights que eles nos trazem, partimos para o escapismo. Portanto, a reestruturação profunda exigida por Plutão, pode estar sendo “ludibriada” por situações escapistas netunianas. A mídia gosta de contribuir com isto e, ao invés de manter-se desperto, o povo cai na dualidade da torcida por partidos. O ascendente no signo de Aquário exige do povo brasileiro união para se responsabilizar pela ordem e pelo progresso do país e não se digladiar no teatro escapista montado pelos elementos manipuladores.

Finalmente, desde dezembro de 2015, Saturno em Sagitário – implacável no cumprimento das leis e normas – realiza um aspecto restritivo e desafiador com o sol brasileiro. O amadurecimento do Brasil como um todo e a responsabilidade em enfrentar crises de forma lúcida e respeitando leis e normas que repudiam corrupção e outros crimes que apenas afundam nosso país nas ondas enganosas netunianas. Isto não significa mudança de partido, manifestações separatistas, mas a transformação de valores, de caráter em todos os níveis de comando e união rumo à educação e ao trabalho na formação de um país respeitável.

O Eremita, arcano maior do tarot, é o arquétipo virginiano na sua máxima realização. Consciente de seu valor e poder de produção, carrega a luz após vencer as trevas da ilusão e da destruição de seu trabalho produtivo. O Eremita é um ancião que compreendeu a experiência da Vida não como a dualidade da escolha entre o certo ou errado, homem ou mulher, negro ou branco, mas a escolha única de auto-realização, crescimento organizado com métodos lúcidos e analíticos o suficiente para identificar e corrigir falhas ou prevenir extravios. Devemos vibrar para que o governo substituto que iniciou sua jornada às vésperas da lunação em Virgem proceda conforme o Eremita.

Gostaria de lembrar a você, que ainda aprecia o conflito e permanece no determinismo dualista, que sou apartidária e torço para o Brasil. Se seus dedinhos nervosos estão ávidos por mais conflitos, não perca seu tempo escrevendo para mim. Estrela vermelha para mim é símbolo de algum ritual do pentagrama e, tucano, uma linda ave que vive sobrevoando minha chácara.

Razão na Medida Certa

Informativo Semanal de 12 a 19/6/16 : Lua Crescente em Virgem (12/6/16 às 5:10, Brasília)

lua cres virgoO quarto-crescente entre o Sol em Gêmeos e a Lua em Virgem gera a onda de possibilidades para nos organizarmos de maneira BEM racional. Ambos os signos são regidos por Mercúrio, o Mago do Tarot. É hora de utilizar todos os nossos recursos e talentos para estabelecer novos procedimentos e trabalhos. As rotinas deverão ser analisadas e modificadas de forma que o tempo seja mais bem aproveitado. Júpiter ainda está conjunto à Lua e Marte em Escorpião está em sextil com a mesma, ambos promovendo o planejamento estratégico e atuando no crescimento de recursos, de trabalho e de práticas e técnicas específicas. Aproveitem para desenvolver projetos profissionais, divulgá-los ou buscar uma nova colocação no mercado de trabalho realçando seus potenciais!

Observem que Marte em Escorpião está oposto a Mercúrio no final de Touro: não é hora de insistir em procedimentos que já mostraram falhas. Conceitos e preconceitos arraigados deverão ser substituídos e reciclados. Mente e Razão não são a mesma coisa. Enquanto a primeira deve ser um receptáculo flexível a novas ideias e conhecimentos, a segunda é divina, supramental e preenche o receptáculo da primeira.

Informativo Semanal : Lua Cheia em Peixes

lua cheia peixesNo último sábado (29/8) às 15:35, a fase cheia da Lua estava no seu auge. O eixo formado pelo Sol em Virgem e a Lua em Peixes teve participantes de peso: Júpiter conjunto ao Sol e Netuno conjunto à Lua, ambos regentes de Peixes. Este eixo formado pelos signos complementares:

  • Virgem, que representa nossa vida prática, rotineira, nosso trabalho ou hábitos que promovem, ou não, harmonia, equilíbrio, satisfação e saúde; e
  • Peixes, que representa nosso contato com a espiritualidade, inconsciente coletivo, meditação e compreensão do sistema holístico e quântico do plano astral atuante em nosso karma,

deve sempre ser objeto de equilíbrio, mas as obrigações do dia a dia tentam nos jogar para o lado virginiano, mais material, prático e condizente com a vida atual. Lamentavelmente, o contato mais sutil não é tão valorizado hoje em dia, mas é fundamental para que este eixo astrológico se complemente e se harmonize em benefício a nossa saúde mental, emocional, física e espiritual. Meditar, contemplar, estar sensível e perceptivo à sincronicidade e aos insights criativos é tão fundamental à nossa saúde quanto trabalhar, exercitar-se e cultivar hábitos alimentares propícios. Sem atuarmos na complementaridade Virgem e Peixes, damos ensejo a manias, obsessões a regras e métodos, e restrições ao prazer e à criatividade.

Vênus e Marte estão conjuntos em Leão. A manifestação criativa e artística pode contar com este padrão energético para ideias originais, lançamentos, publicações. Em um nível mais pessoal ou passional, a combinação destes astros no signo de Leão contribui para grandes amores. Manifeste o que sente sem restrições. Faz bem ao coração.

Dicas terapêuticas: antes de praticar a respiração pranayama, experimente esfregar o óleo essencial de jasmim nas palmas das mãos. É uma forma de acrescentar a aromaterapia durante esta prática.

Calendário biodinâmico: até dia 04/9 – faça uma avaliação do seu eixo pessoal que complementa a vida prática com a vida transcendental. Procure ser imparcial e atue no equilíbrio entre as duas. Ambas são importantes, mas valorizar mais uma do que a outra não é saudável.

Lembrete: Oficina de Revolução Solar e Astrocartografia no dia 12/9. Participe!

Ingresso de Júpiter em Virgem

Desde 11/8/2015, Júpiter deixou o signo de Leão e começou seu trânsito por Virgem que, segundo a Astrologia tradicional, não confere grandes vantagens já que Júpiter em Virgem está em “exílio”. Um astro “exilado” está no signo oposto ao de sua regência. Como Júpiter é um dos regentes de Peixes – oposto complementar a Virgem – teoricamente isto significa que a energia jupiteriana não alcança sua plenitude em Virgem. Mesmo que esta dedução tenha sentido, sabemos que ela é muito relativa e acarreta erros na interpretação das várias possibilidades oferecidas pelo mapa astrológico que envolve outros inúmeros aspectos compondo a alquimia de cada indivíduo ou microcosmo vivo na Terra. Raciocinando de uma maneira mais holística e menos determinista, lembramos que Virgem é um signo cuja modalidade mutável é compartilhada com Sagitário, Peixes e Gêmeos. Estes quatro signos têm a adaptabilidade, a versatilidade e a flexibilidade extensivas às estações do ano. Todos ocorrem em momentos de adaptação e reorganização da Natureza a novas estações do ano iniciadas pelos signos cardinais (Áries e Libra – Equinócios de Outono e Primavera; Câncer e Capricórnio – Solstícios de Inverno e Verão).

O que estou querendo dizer como toda esta explicação didática e, aparentemente, enfadonha é que pelo menos três signos desta modalidade mutável estão sendo objeto de desafios, mudanças e renovação de possibilidades:

Só por estes três fatores importantes, desperta-se o interesse por este trânsito nem tão “exilado” assim. Outras coisas que deveriam despertar são a curiosidade e a atenção daqueles que possuem qualquer astro, ascendente ou meio-do-céu em um dos signos mutáveis.

jupiter em virgem

Em sua passagem, Júpiter expande, aumenta, provoca mobilidade e oportunidade para mudanças e transformações que podem até ser traduzidas como “sorte”. Por ser associado também à justiça, Júpiter promove a oportunidade de colapsar a Verdade, revelar o “oculto” das situações e relações presentes. Às vezes, isto não é tão aprazível pois “verdade” e “realidade” significa um convite para deixarmos a caverna de Platão e encararmos o mundo sob a luz do Sol. Este brilho pode ofuscar e ser doloroso.

Astros pessoais em Virgem, signo do elemento Terra, costumam construir procedimentos e rotinas preventivas, sistemáticas e organizadas. São racionais por excelência e, se esta organização e metodologia cultivadas dia a dia forem postas em evidência e convocadas à evolução, ao risco do progresso e expansão, terão que abandonar o certo e previsível para ir em busca do desconhecido. Aí é que entram em ação os outros astros nos demais signos mutáveis, ou seja, Saturno em Sagitário e Netuno em Peixes. Vamos por partes…

Netuno está transitando por Peixes desde o começo de 2012. Os signos mutáveis “conversam” entre si por meio de aspectos que em “astrologuês” chamamos de  quadratura e oposição. Já sabemos que Peixes é oposto complementar de Virgem, logo qualquer  astro transitando em um dos dois irá interferir no oposto, além dos demais signos mutáveis. Não existe puro acaso no Universo, perceberam? Desde 2012, Netuno estava preparando o signo de Virgem a revisar seus métodos racionais, científicos e analíticos levando-o a observar outras energias mais sutis, principalmente, o campo emocional, psíquico, vital e espiritual. A sincronicidade, o perdão e a capacidade de entender além da simples lógica cartesiana são alguns dos aprendizados para Virgem, especialmente. Desde dezembro de 2015, Saturno em Sagitário começou a fazer a sua parte como veterano e sábio cobrador e estruturador de novos aprendizados e paradigmas filosóficos e científicos. Percebam que a passagem de Júpiter em Virgem é apenas parte desta dinâmica que tem por objetivo o despertar da Humanidade por meio de saltos quânticos evolutivos de acordo com a capacidade e escolha de cada um em colapsar sua própria realidade.

A seguir, algumas possibilidades que alguns signos podem colapsar nestes próximos 12 meses. Se você tem Sol, Lua, Mercúrio, Vênus, Marte, Ascendente ou Meio-do-Céu em:

  • Virgem: prepare-se para desviar-se de sua rotina, organização e racionalidade para novas e mais evoluídas opções. Não vire as costas para outros paradigmas e valores. Pare de trabalhar por alguns minutos e olhe à sua volta. Um caminho mais verdadeiro está pronto para ser percorrido.
  • Touro e Capricórnio: A exemplo de Virgem, as ondas de possibilidade para crescimento e expansão irão se efetivar se estiverem dispostos a sair da zona de conforto e arriscar.
  • Gêmeos, Sagitário e Peixes: não percam tempo com divagações superficiais ou fugas. Cultivem o auto-controle, o foco nas metas. Aprendam a utilidade da prevenção, da paciência e da organização para não patinarem nos exageros e compulsões.
  • Câncer e Escorpião: fertilidade para cultivo e propagação da própria criatividade, mas não abusem. Façam com que as vantagens que a onda de possibilidades seja próspera de maneira calculada e estratégica.

Na lua nova em Leão de amanhã (14/8) às 11:53, aproveitem para captar insights necessários para o sucesso no melhor aproveitamento deste trânsito de Júpiter em Virgem que apenas começou.