Estudo Teórico e Prático da Árvore da Vida – Arcano do Diabo

O estudo teórico e prático de cada um dos 22 caminhos da Árvore da Vida tem como princípios evolutivos o auto-conhecimento por meio do processo alquímico. Trata-se do desenvolvimento de uma filosofia sustentada e estruturada por dois pilares: Conhecimento e Prática. O Conhecimento é atingido através do estudo e pesquisa das ciências herméticas e do novo paradigma quântico. A Prática é feita por meio de treinamentos e rituais de concentração, visualização e meditação até o indivíduo atingir o processo alquímico que o aproximará do seu “ouro primordial” (aurum nostrum non est aurum vulgi) que tem por base a filosofia da Era de Aquário, Thelema, inaugurada por Aleister Crowley no seu “Livro da Lei” (Liber Al Vel Legis) adaptada aos novos paradigmas da teoria quântica atual.

As ciências herméticas ou esotéricas devem ser tratadas em conjunto. A Astrologia não está separada do Tarot, nem da Alquimia ou da Magia e todos encontram-se na Árvore da Vida que a tradição judaica chama de Cabala.

O sistema da Árvore da Vida pode ser encontrado em diversas tradições de antigas civilizações, entre elas a egípcia. O Livro dos Mortos do Antigo Egito, por exemplo, relata os princípios deste sistema. A Árvore da Vida revela todos os “segredos do Ocultismo”, desde o mais puro método de auto-conhecimento e auto-cura (método ascendente) até passo-a-passo da criação divina (método descendente). Portanto, é algo para ser estudado levando-se em conta a filosofia de Thoth ou Hermes de Trimegistro, sem os apelos religiosos restritivos com suas dualidades, dogmas e determinismos.

Para entrarmos em contato com este conhecimento, vamos percorrer a Árvore da Vida pelo método ascendente a partir da base, a esfera dos 4 Elementos denominada Terra, onde estamos vivendo como seres humanos manifestos no plano material e submetidos às dimensões do Tempo e do Espaço. Na Cabala Tradicional, esta esfera é chamada de Malkuth, o Reino. Para facilitar nosso estudo e compreensão, escolhi outras denominações para os nomes tradicionais das esferas da Árvore da Vida, uma vez que no Novo Aeon ou Nova Era (Era de Aquário) a proposta é aproximar a Ciência da Espiritualidade, esclarecendo filosofias antes chamadas de “ocultas”. As novas denominações nada mais são do que interpretações dos significados de cada esfera.

O estudo sistematizado partindo da esfera da Terra até chegar à da Luz Primordial é feito de maneira holística e envolve todos os nossos veículos de manifestação:

  • Corpo Mental : aprendizado, renovação de padrões e conceitos, evolução e abertura da consciência;

  • Corpo Vital: práticas meditativas, vivências, terapias holísticas;

  • Corpo Etéreo: rituais, visualizações como treinamento para nosso veículo mais sutil;

  • Corpo Físico: saúde e auto-estima como consequência final.

O Caminho do Diabo : Instintos a Serviço da Criatividade

  • Regência: Capricórnio

  • Reunião de estudos: dia 2/9/2017 das 15:00 às 18:00.

  • Local : Templo de Minerva (Lago Oeste, rua 19, chácara 834 – Condomínio Palmas).

  • Investimento: R$ 100,00 (somente em dinheiro)

Obs.: Não é necessário conhecimento ou preparação prévia. Cada um dos caminhos possui sua apostila. As reuniões serão mensais, cíclicas e possuirão temáticas diversas. Portanto, não há obrigatoriedade de seguir os caminhos sequencialmente. Apenas aconselha-se evitar ingestão de bebidas alcoólicas, ingestão de alimento de digestão demorada (carne vermelha) ao longo do dia do curso, e o uso de roupas confortáveis na ocasião.

Reserve sua vaga enviando nome e dados de nascimento (data, horário e local) para monica@templodeminerva.com ou para o zap (61) 98139-5185
Be Sociable, Share!

2 ideias sobre “Estudo Teórico e Prático da Árvore da Vida – Arcano do Diabo

  1. henry

    interesantisimo !!!! de alguma maneira penso eu que (codificado) a arvore da vida da cabala. e a mesma arvore do conhecimento do bem o do mal da biblia ,interesante que eses libros fora escritos pelos mesmos hebreos , em outros libros dese povo emcontramse alguns como talmud , (demaior importança doutrinaria que a biblia ,p s hebreos .)domde se proibe encinar a cuaerquer gentil cuaesquer coisa no minimo importante , poderia encinar algo somente se for para que a pessoa trabalahace ao seu favor . doutrinace com rigor que mentir aos gentis e perfeitamente louvavel ! esturpar suasc rianças e outras coisas . a questao e como posso comfiar nas ensenhasas dese povo ??

    Responder
    1. Mônica Cristine Schwarzwald

      Leia com atenção o enunciado do curso e você perceberá que a Árvore da Vida é um conhecimento que data muito antes do sistema conhecido como Cabala. Este conhecimento foi absorvido por Moisés enquanto sumo-sacerdote do faraó Akenathon e traduzido como Cabala. A partir daí, surgiu o conceito dualista da “árvore do bem e do mal” que não tem nada a ver com o conhecimento hermético, egípcio e unicista dos fundamentos esotéricos que são a Astrologia, o Tarot e a Alquimia.
      “O sistema da Árvore da Vida pode ser encontrado em diversas tradições de antigas civilizações, entre elas a egípcia. O Livro dos Mortos do Antigo Egito, por exemplo, relata os princípios deste sistema. A Árvore da Vida revela todos os “segredos do Ocultismo”, desde o mais puro método de auto-conhecimento e auto-cura (método ascendente) até passo-a-passo da criação divina (método descendente). Portanto, é algo para ser estudado levando-se em conta a filosofia de Thoth ou Hermes de Trimegistro, sem os apelos religiosos restritivos com suas dualidades, dogmas e determinismos.”

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *